Arquivo para julho \12\UTC 2011

12
jul
11

Falta de poupa

Em meio à estrada pude organizar meus pensamentos e escrever algo sobre este momento.
Falta de poupa. Essas palavras se repetem em meus dias, mas por causa da natureza inflamada eu não podia entender um sentido nisso. Se haveria justificativa natural ou fundamentação bíblica para minha incompreensão da circunstância repetitiva e exaustiva em um momento tão obviamente complicado! não ruim, muito menos triste, somente complicado e digo isso em meu caso especificamente.
Mudar de estado não é uma burocracia fácil. Tudo que pensamos ser livres em todo tempo na verdade é uma grande cela regional. Tente você mudar em um mês! quanta programação e organização isso exige. Ainda mais trabalhando 8h/d e lutando para eliminar os pepinos que ficariam para seus pais resolverem. EÉ mt coisa! mais do que vc pensa que entende com toda compreensão da sua cabeça. Depois de toda uma vida, rotina e agenda construida em um local, voce muda isso. Tira a capa e a essência de um lugar e vai para outro. Regras, horários, endereços, trânsito, vaga, chefes, dinheiro, bichinho de estimação, tempero, companhia e outros fatores são transformados. A cabeça realmente sacode…
Além disso você tem um telefone que toca para falar de seu imóvel e do imóvel alugado, cartório, bancos, taxas até para pesquisar a aprovação do fiador (voces sabiam disso? O.o porque eu descobri na hora de fazer o cheque!); niver de amigos amados ou da irmazona, aniversario DA IGREJA, de 50 anos! familia chegando de viagem, aeroporto 3 vezes na semana e VAMO-Q-VAMOOOOO.
E ai? ofegante? Dai a parte da reflexão; ninguém tem obrigação de saber, se importar ou participar desse zapeado ritmo frenético da noiva e do noivo, muito menos de oferecer ajuda. Por outro lado, ou poderia dizer, do nosso lado, nós – o noivo e a noiva – não temos condição – FRISO CONDIÇÃO, talvez tenhamos obrigação em seu entendimento – mas condição, NãO, de abraçar a causa, empenhar esmero com cuidados formais, atenção acentuada, antecedência descrita nas listas de regras socias do casamento, ou qualquer mimimi correspondente! Peço o perdão e antecipo a justificativa: sem condições. Entreguei um convite faltando 2 dias p/chá de panela pedindo mil perdões e a recente amiga casada disse “não se preocupe Mel, estarei lá, entendo tudo isso e tá tudo tranquilo!=)”. Ai que alívio! ela preferiu participar à se magoar e se ausentar…

Finalmente pude escrever porque me lembrei de Cristo e algumas afirmações na palavra de Deus. Por que justo DEUS questiona em sua palavra: “A quem enviarei? Quem ha de ir por mim?” e Cristo, o salvador, expressa em vários momentos “… tu me amas?”. Ele, Deus, conhece a natureza humana. Apesar de toda graça e perdão gratuito, apesar de tanto amor eternamente disponivel, ELE questiona a posição do receptor de tudo isso: nós.
Longe de mim compara-me a Cristo, ainda não posso dizer como Apostolo Paulo (Sede imitadores de mim, pois tenho imitado a Cristo), no entanto, deparo-me com esse questionamento do Altissimo Rei de Amor, e observo o detalhe que Ele conhece, quão centralizadora, egocentrista e auto-tudo-eu é a natureza humana. Isso nos trai diante de um Deus tão amoroso e reflete em nossas relações pessoais de forma intensa, direta, talvez até mesmo reveladora da essência de algumas amizades =/

Ouvi conselhos pesados para minha natureza, que exigem anular totalmente o que tenho sido a anos e além de ser dificil pra mim, me expõe ao risco de perder “amigos” por buscar ser responsável. A grande verdade é que esse lance de “estou sempre aqui pra voce” se traduz diariamente em “vc sempre estará aqui pra mim, NAO ÉEEE????”. E amar independente disso é o grande desafio.
Perdoar por simplesmente OBSERVA as infortúnios de um momento de muitas mudanças, pouco prazo e excesso de pressão, deixaram a amiga-noiva bem atrapalhada (coisa que sempre fui).
Outro conselho sabio que ouvi recentemente foi: Não brigue por coisas! Coisas sao coisas, pessoas sao pessoas.

O que é mais importante pra voce? As coisas ou as pessoas?
Sendo bem direta… reter a ofensa pessoal ou superar para participar desse momento que vc foi escolhido(a) a dedo para ser parte?
Antecedo meu pedido de perdão. Insisto no pedido de extrema tolerância e compreensão. Convido… acredite, é de coração.

Anúncios



Dia à dia

julho 2011
S T Q Q S S D
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Cadastre seu e-mail e receba as atualizações do blog.

Junte-se a 3 outros seguidores

Publicações